CASA INTEGRADA EM BRASÍLIA - CASA TG

Essa casa antiga e estreita tem cozinha integrada, sala de estar integrada 

com a varanda e o jardim, além de muita personalização dos espaços

A casa geminada em Brasília é original da década de 1960 quando a capital federal foi transferida do Rio de Janeiro para Brasília e os bancos começaram a construir casas para seus funcionários. Essa foi uma das primeiras da quadra e foi a escolhida do casal que veio da França e buscava um imóvel que mesclasse o estilo casa e apartamento. O ponto de partida do projeto de intervenção foi a conexão entre o jardim e a sala, a pedido do casal. 

Com a premissa de integração desses espaços que eram separados por uma parede com pequenas portas antigas, propôs-se a substituição dessa parede por duas grandes portas de vidro de correr, no estilo industrial da família. Com a abertura dessas portas, o jardim torna-se parte da casa e a varanda estabelece um espaço de transição entre o exterior e o interior da casa.

O interior da casa, de planta retangular – 6 x 12m- apresentava deterioração pelo tempo de vida e não tinha a “cara dos moradores”, um problema típico de casa antiga e alugada. Nas palavras da moradora Thais, não havia conforto.

 

“(…) chegava em casa e não me sentia bem, não me sentia confortável(…)”. 

 

Ela que adora ler sentia falta de um espaço de relaxamento para esse momento. Por isso criamos um espaço de leitura aconchegante e que hoje é o canto preferido dela.

Buscando transformar a casa, trazer conforto e identidade, revitalizamos o piso de taco típico de Brasília e trouxemos elementos do estilo industrial, de acordo com o gosto da família: iluminação aparente, cimento queimado, metal, madeira, encanamento aparente e tijolinho. 

O francês Guillaume, também morador da casa, é chefe de cozinha e gosta de receber convidados. Ele queria uma conexão entre a cozinha e a casa, para aproximá-lo das pessoas, um pedido que remonta a sua vivência no interior da França. Para criar essa conexão, demolimos a parede da cozinha e criamos uma segunda bancada orientada para a sala de jantar. Esse é o lugar preferido dele.

Entre a cozinha e a sala há um lavabo e uma escada que separa esses ambientes. Para melhorar o visual da e eliminar os excessos, propôs-se um núcleo central unificador revestido de madeira no estilo escandinavo em contraste com o piso de taco, com as portas de acesso ao lavabo e à escada mimetizadas.

 

Cada morador tem seu lugar favorito e todos têm a sala como um elemento de conexão entre eles. É o lugar onde a família se reúne e desfruta de boas conversas e, claro, uma boa vista para o jardim.