+55 (61) 3254 3085 | 9960.1802

Single Blog Title

This is a single blog caption

Curiosidades sobre o Aço Corten

Quem já ouviu falar do famoso “aço CORTEN”?

Trata-se de um aço enriquecido com cobre e fósforo que possui uma maior resistência à corrosão que os aços convencionais. Ele também pode ser chamado de aço patinável, que diz respeito ao fato de em determinadas condições de exposição, ele desenvolve uma película de óxido que garante aquele tão charmoso tom avermelhado. O interessante é que essa película é responsável por torná-lo mais resistente com o passar dos anos.

Incrível, não? Enquanto aços comuns perdem matéria e desempenho ao longo do tempo, o aço Corten ganha pontos nesses quesitos.

Antigamente, sua utilização era voltada apenas para a escala industrial e das grandes construções, como pontes e ferrovias. Mas seu aspecto industrial não é apenas uma característica estética. O aço USI-SAC (esse é o seu verdadeiro nome) é um aço de elevada resistência, tanto mecânica, quanto a corrosão. Por isso, com a descoberta de todas essas vantagens, seu campo de utilização foi sendo ampliado e sua popularidade também! Abaixo, um trecho retirado do catálogo da USIMINAS:

“São aços patináveis de excelente resistência à corrosão atmosférica, tendo sua aplicação muito diversificada, tais como em edifícios, pontes, implementos agrícolas, mineração, vagões, entre outras. Trata-se de aços-carbono manganês microligados, com boas características de soldabilidade, mesmo sem pintura, e que também oferecem excelente aderência na aplicação da pintura. Nessa classe, destaca-se a série de aços desenvolvidos pela Usiminas: os aços da série USI SAC.”

Hoje, temos  visto o Aço Corten ser largamente empregado em elementos que vão da Arquitetura às Artes. Sua utilização abrange fachadas, estruturas, revestimentos, portas, escadas, guarda-corpos, corrimãos, pergolados, esquadrias, esculturas e diversos outros objetos de decoração.

Porém, segundo o Sr. Araújo, um experiente serralheiro atuante no mercado de Brasília, cabe ressaltar, que quando a intenção em utilizar o aço é puramente estética, ele não é a melhor alternativa. Ele afirma que você pode conseguir a mesma aparência enferrujada, utilizando aços menos nobres, acrescidos de aditivos que aceleram seu processo corrosivo e garantem o efeito da pátina.

Todavia, seguem alguns exemplos que ilustram a versatilidade da utilização desse material que tanto gostamos!

 

Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, deixe um comentário abaixo ou envie um e-mail para bora.arquitetos@gmail.com e teremos o maior prazer em responder você.

Gostou? Então curta e compartilhe!

 Fontes: http://cursoscbca.netpoint.com.br/moodle/arquivos/pdfs/Apostila_Sist_Estrut_peq/Apostila_Modulo_2_peq.pdf

http://www.acobril.com.br/wp-content/uploads/2014/01/catalogo-usiminas-chapas-grossas.pdf

http://www.bevilacqua.com.br/aritigos-e-noticias/o-que-e-aco-corten/

Deixe um Comentário